quinta-feira, 25 de dezembro de 2008

Devagar, devagueio


Enquanto pensamos em tornar tudo mais fácil
nos esquecemos de como a sensatez é frágil.
É verdade que algumas pessoas possuem algo mais
e pensar contra elas é algo que te torna incapaz
mas a vida é uma estrada longa e questionável;
é preciso descobrir os muitos que possam fazê-la mal
e depois esperar que o tempo torne tudo real.
pois se é fato que, se aqui se faz, aqui se paga
a justiça será palpável. Que algo a traga!

Se é verdade que a dúvida seja o princípio da sabedoria,
Estou certo de que a verdade chegará sem rodeios qualquer dia.
Pois, se é certo que felicidade épara quem se basta a si próprio,
manterei meu dogma: sempre serei o melhor negócio

Se vives em uma busca e não atinges seu objetivo
Mire o bem... que ele sempre seja o alvo!
Mas tenhas consciência de que o mal vagueia por toda parte
e um dia escolherás se com ele manterá sua arte
Lembre-se sempre, que sua existência ecoa a todo momento
e a escolha do bem implicará em deixar o mal perdido no tempo
Se já tiver em mente a razão que une e convence.
não tenhas dúvida em seguir o caminho que vive e vence!

2 comentários:

Rivaldo R.Ribeiro disse...

Meu amigo que belo texto,

o que dizer mais?

Thita disse...

Eita... você voltou a postar, e voltou com tudo...

=)

Gostei dos textos...